Portugal: razões que o levam a ser considerado um país privilegiado

Não raro Portugal é citado como excelente alternativa para empresas multinacionais, empreendedores, profissionais e famílias.

O país está inserido na União Europeia, uma união económica e política, constituída por 27 países europeus, que proporcionou mais de meio século de paz, de estabilidade e de prosperidade.

Aquele que goza de autorização de residência num país pertencente à União Europeia (UE) pode, graças à supressão dos controles nas fronteiras entre os países que a compõem, circular livremente em quase todo o continente. Cabe, ainda, a todos os países membros tratar os cidadãos da UE exatamente como os seus próprios cidadãos.

A atratividade de Portugal relaciona-se a diversas características, dentre elas:

a) Investimentos na União Europeia, nos países de língua portuguesa e em outras áreas em desenvolvimento;

b) Nearshoring (deslocamento de parte do negóciocom riscos menores dada a similaridade da legislação laboral entre os países, fuso horário e distância geográfica) e outros serviços de alto valor;

c) Relocation para empreendedores e famílias;

d) Ampla rede de tratados internacionais;

e) Direito europeu que possibilita um ambiente de negócios com segurança jurídica e estabilidade;

f) Atrativo pacote tributário;

g) Excelente qualidade de vida num ambiente multicultural seguro.

Todas essas características têm mantido Portugal como um dos principais destinos para profissionais, empreendedores, nômades digitais, empresas familiares etc., especialmente para residência definitiva ou secundária, investimento imobiliário, turismo premium, para aporte de capital de risco, para inovação e desenvolvimento de tecnologias, além de um hub para a União Europeia, África e a área do Atlântico Sul.

Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site é protegido por reCAPTCHA. A Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google são aplicáveis.
Corelaw - Zancaner, Salla, Faustino e Carvalho Advogados